Administradores assumem posição de destaque no executivo estadual

O Governo de Santa Catarina confirmou o novo controlador-geral do Estado. O Adm. Cristiano Socas da Silva, auditor interno do Poder Executivo do Estado de SC, foi nomeado para desempenhar a função nos próximos anos. A nova controladora-geral adjunta também é Administradora e auditora interna do Poder Executivo, Adm. Marisa Zikan da Silva.
A Controladoria-Geral do Estado é um órgão fundamental para uma atuação “responsável e transparente” na gestão estadual, contribuindo com a melhoria da gestão pública por meio do controle e da avaliação dos gastos e das políticas públicas, além de promover o combate à corrupção e fomentar a transparência e o controle social.
“Parabenizamos os profissionais da Administração pelo novo posto. Com a liderança de dois Administradores na Controladoria, o governo confirma o compromisso de alocar profissionais qualificados para os cargos públicos, o caminho ideal para garantir a melhoria nos serviços prestados à sociedade, assim como evitar a recorrência de atos que contrariam a lei, a moral e a ética, os quais ferem os princípios básicos da administração pública”, destaca o presidente do CRA-SC, Adm. Paulo Sérgio Jordani.
Casa Civil
Nas últimas semanas o Governo já havia sinalizado positivamente para a alocação de Administradores em funções estratégicas. O Adm. Juliano Batalha Chiodelli assumiu o desafio de ser o chefe-adjunto da Casa Civil. Chiodelli presidiu a Junta Comercial do Estado nos primeiros anos de Governo e comprovou a importância dos profissionais da Administração em cargos de gestão, sendo destaque nacional pela atuação efetiva na modernização dos processos internos da Jucesc. Na última semana, com a vacância do cargo, o Administrador assumiu interinamente a chefia da Casa Civil.
A alocação destes profissionais na estrutura estadual vai ao encontro do movimento protagonizado pelo CRA-SC nos últimos anos, onde é proposto, em ações institucionais, alertar a sociedade sobre a importância da colocação de técnicos para exercer funções específicas na máquina pública. “A cada dia percebemos que Administradores estão sendo reconhecidos nacionalmente por sua competência técnica e estão assumindo cargos e funções de destaque. O compromisso com a ética e boa gestão são pilares fundamentais na formação dos Administradores e a nomeação destes profissionais para cargos públicos refletem positivamente em toda sociedade”, completa o presidente do CRA-SC.